<$BlogRSDURL$>

Do mal o menos

segunda-feira, fevereiro 28, 2005

Esclareçam-me os entendidos. 



Encontram-se ocasionalmente num bar, com quem sempre tiveram um q. E naquela noite volta a surgir a empática reciprocidade.
Conversam sobre a vida pessoal, não falando porem ao pormenor da vida privada.
Com uma desculpa qualquer finalmente trocam telefones.
Despedem-se com a promessa de se verem por um interesse que têm em comum.(Tipo, embora não se comprometam directamente há interesse, não?)

Quando chegam a casa recebem uma sms a verificar se tinham chegado bem. (Tipo vou-te ligar e o interesse em comum só foi um desculpa para ter o teu contacto, não?) A qual respondem prontamente com agradecimento.

E nunca mais houve uma ligação.

Tempos depois enviam um sms com uma brincadeira acerca desse interesse comum. (Tipo, então não me ligas?) Há uma troca de sms onde se verifica uma predesposião e gosto em estarem juntos - sempre por causa desse interesse - embora não haja nenhum avanço directo para concretiza-lo. (Tipo, um telefonema a combinar quando, onde...!)

Que tipo de interesse é este?

...and he is so cute!

Comments:
É do Género...." não caga nem sai da moita....." Lixado!!!!!!!!
 
o termo exacto é: não fode nem sai de cima.
já está.
 
Talvez sejam os dois timidos...ou talvez hajam outras pessoas no meio...ou talvez seja mesmo, nem fode nem sai de cima :-))))
 
É o que se chama colocar a relação em banho maria... vai lentamente cozendo, sem nunca estar no ponto nem queimar... pode ser que um dia lhe apeteça. Tens 2 hipoteses: deixas ficar em banho maria e logo se vê se a ti te apetece nessa altura, ou saltas para o lume e pedes para ele te vir salvar, como cavalheiro que é... "nou uóre ai mine?"
 
eu diria que é falta de convicção. ou de coragem. é impressionante a quantidade de fodas que se desperdiçam assim
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
É demasiado tempo livre....
Gostar de flirtar...picar...mas nada fazer...
Que raio e um convite para um encontro?
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
falta de coragem penso eu..
 
:)

Não desprezes os tímidos à partida!


www.katraponga.weblog.com.pt
 
É falta de coragem e falta de iniciativa! Digo eu que não conheço as pessoas em questão mas cada caso é um caso. Pode afinal ser tanta coisa!
 
Se calhar o melhor era perguntar aos interessados :-)
 
Já equaccionaste se o gajo é gay?
Hoje em dia a possibilidade é muito forte.
Beijinhos do pai
 
Que lindo o malmequer com os olhos a piscar. É assim como o malmequer: malmequer, bem me quer, tudo, pouco ou nada. É uma sorte! Umas vezes sai a lotaria outras vezes bilhete em branco.
Beijinhos da mãe
Já viste os filmes que te emprestei?
 
O interesse está lá mas não está desenvolvido. As relações são feitas de etapas e é bom não as queimar... E porque não a mulher tomar a iniciativa?
 
É o interesse de se tudo falhar, sempre tenho aquela gaja porreira...
 
Hummm. Falta de iniciativa. Sei o que isso é e existem mil e uma explicações para isso (umas justificáveis outras nem por isso). Acho que é um "mal" de que padecem os dois. Resta saber a quem é que vai acabar por saltar a tampa... não tem que ser forçosamente a ele, não é?
 
Eu não sou "entendida" deste género de situações.
Mas acho que quando há mesmo interesse mútuo, as pessoas se procuram.
E há tantas formas de o fazer!
Neste caso, deve ser falta de interesse, de iniciativa... ou comodismo.
 
Um beijinho, P! :(
 
Enviar um comentário

[Top]