<$BlogRSDURL$>

Do mal o menos

quarta-feira, abril 27, 2005

Não há homens disponiveis!? 



- Os homens só deixam quem estão quando têm alguém em vista, nunca ficam sozinhos. Dizia-me uma amiga.
Logo nenhum está disponível, acrescentei.

Se estão comprometidos não se empenham totalmente na aproximação, até porque nem sabem se querem a mudança ou não.
Avançam, recuam. Nem sempre estão presentes. Querem mas não podem sempre. Num dia as certezas, no outro as duvidas. Escasseiam os contactos para não haver total aproximação.
Tornando, por isso, pouco viável algum resultado.

O que fazer?

Fingir que não nos apercebemos que ele tem alguém e arriscar sozinha, sem garante de sermos correspondidas?

Ou não arriscarmos e esperar pela comunhão de interesses e atitudes?

Eu opto pela segunda hipótese, mas como já chegámos à conclusão que nenhum está disponível, esta igualdade de circunstâncias nunca acontecerá.

E novamente pergunto, o que fazer?

E ainda… Se por acaso surgir a recíproca disponibilidade, ainda teremos que ter a sorte de gostarmos de quem [ali] está.

Uff… já estou cansada…

HEEEEEEELP!!!!

Comments:
isto é muita teoria!
mania esta que temos de baralhar as coisas simples...
*
 
isto é muita teoria!
mania esta que temos de baralhar as coisas simples...
*
 
"Os homenes só deixam com quem estão, quando têm alguma em vista, nunca ficam sozinhos." Nenhum está disponível deduziste tu.
Estás errada. Se eles pulam assim com tanta facilidade, então é porque estão sempre desponíveis.
Um beijo do pai
 
É uma teoria discutivel, essa de não existirem homens disponiveis. Eu só posso falar por experiencia propria. Não estou disponivel é certo, mas não tenho por habito (nunca o fiz, até ver) terminar uma relação porque já tenho outra em vista. Se termino é porque nao funciona e ponto final. Espero nao terminar mais nenhuma (eu sei, eu sei, quem não espera? Mas nestas coisas o importante é acreditar), logo espero fazer parte da lista dos indisponiveis :)
*A
 
ufff!!!mas que três ;)
 
Há que nunca perder as esperanças... Eu demorei, mas encontrei, e nao podia haver encontrado melhor... :)
Sorte para ti! :)
Bjs!
 
Como diz o André, isto é muita teoria!
Mania!
 
Eis-me aqui! Completamente e inteiramente disponível! ;) - Beijo - hehehe
 
Em relação ao comentário de Augustom (Pai) quando eu estiver indisponível o serei a todo o dispor! ;)
 
Bem, olha que não se passa nada disso. Muito mais depressa acontece uma mulher só deixar um homem quando tem outro em vista... Porque a uma mulher faz-lhe comixão ficar sozinha, a um homem nem tanto - culpa do relógio biológico... Enfim, é igual para os dois lados.
 
Este post fez-me lembrar uma frase que tb ouvi em qqr lado: "Os homens são como as casas de banho. Ou cheiram mal, ou estão ocupados". Não quer dizer que concorde...
 
Levantas uma falsa questão, porque NÃO DEIXAS FLUIR a vida! Não tens que pedir ajuda numa tarefa que te compete somente a ti cumprir! Não tens que apressar o universo nas resoluções que nem tu ainda definiste! Não tens que ficar aflita por algo que não está a cair dos céus!
Estás a dar uma importância demasiada a um facto que nem sequer tem fundamento. E não podes criar uma realidade feliz na tua vida, partindo dum pressuposto em que nem sequer acreditas.
Os homens, comprometidos ou não, não podem ser "pretendidos" dessa maneira.
O que fazer? Fingir, arriscar? Acho que seria preferível começares por ti! Afirma-te primeiro, e depois, com aquela segurança e tranquilidade, deixa fluir a vida. Deixa-a girar, deixa que nada te perturbe e vais sentir equilíbrio nas tuas ideias e nas tuas decisões. Vais concluir que não precisas da disponibilidade de homem nenhum, com essa urgência que agora manifestas.
 
Talvez não esteja em boa maré para comentar este post...mas aqui vai:
Antes demais peço desculpa a todo o ser do sexo masculino, mas é inevitavél não concordar com o que foi escrito. O homens tem sempre alguma na manga e o medo de ficarem sós é tão grande que preferem arrastar-nos numa vida de "vai não vai" até chegarem aquela que pensam ser a melhor decisão. E nós, Mulheres, por nos sentirmos totalmente aqpaixonadas e iludidas deixamo-nos levar. Ao fim ao cabo, nós sofremos mas temos na conciencia que o nosso sentimento é nobre...Contudo, ainda tenho a esperança que hajam Homens...penso que é uma questão de estar atenta...
 
E nós não somos iguais....se estamos com alguém mas a coisa não estiver bem....não catrapiscamos até encontrar o certo? não fazemos os tais avanços e recuos? Acho que somos todos iguais amiga!
 
Mais uma vez o Amaral tem razão,fica bem contigo própria que cedo ou tarde encontras a tua outra metade da laranja.
 
Caro Amaral,

Vejo que já tens alguém, estou certo? Deixas pra comentar a natureza de um sentimento solitário quando te sentires assim. É muito fácil expor palavras e dizer: "Seja assim ou não seja assim" - O difícil é passar a mesma situação e agir conforme se fala! E mesmo que estejas só e saiba tão bem lidar com isso, conforme tu falas. Cada pessoa tem a sua característica. Uns precisam mais outros menos de alguém, mas é fato que todos precisamos de alguém! Cada ser humano é singular e não nos cabe dizer como deve sentir uma pessoa o máximo que podemos fazer é aconselhar baseado na expeirência vivida e aconselhar jamais é determinar como se deve ou não sentir!
 
Guardado está o bocado para quem o
há-de comer - os ditos populares
revelam-se muitas vezes possíveis!
 
Cara Ale: Se a trintapermanente, me autorizar, gostaria de dizer-te duas palavras, excepcionalmente.
Os comentários que aqui deixo, ou noutro blog qualquer, não passam disso mesmo: simples comentários.
E ao comentar, está longe de mim a ideia de "determinar" seja o que for, ou impôr qualquer ideia. Se fui assim entendido, eu peço desculpas e deixo de o fazer. Não te conheço, nem sei se tens algum blog, mas acho que não entendeste o que quis dizer. Eu sei que todos precisamos de alguém, e o que eu defendo É QUE TODOS PRECISAMOS DE TODOS, porque todos nós fazemos parte do Todo, que é Deus, e todos SOMOS UM com Deus e o Universo. Por isso, eu não poderia defender que alguém não precise de outro alguém. O que acredito é que o Eu de cada um é suficientemente forte e tem todas as condições para determinar O Que Quer Ser nesta vida terrena.
É fácil falar do lado de cá, eu sei isso, mas também SEI que a mudança das mentalidades terá que partir de cada um, individualmente.
Desculpa, Ale, se não consegui fazer-me entender; desculpa, trintapermanente, pelo espaço que ocupei com este assunto!
 
Amiga, a esperança na felicidade move a vida.

não penses. age.

sem medos.
 
Bem, em 1º lugar, como dizia um professor da faculdade, "Todas as generalizações são perigosas, incluíndo esta". Ou seja, a minha leitura pela análise do indivíduo e de cada caso concreto. Por isso não vou na conversa "Oh, os homens [entenda-se também mulheres] são todos iguais...". Não vou, ponto final.
E, como com toda a gente, só posso falar por experiência própria. A vida ensinou-me que neste mundo há de tudo. E se desejamos algo com o qual nunca nos cruzamos, temos de ter a esperança de que esse dia há-de surgir. E não nos deixemos abalar pelo facto de nos ter acontecido exactamente o contrário.
Há homens, como tu afirmas, (in) disponíveis, como há quem seja sério... Às vezes é pura e simplesmente uma questão de sorte... ou azar!
 
quantas mais pessoas existirão no mundo com esta "oportunidade" (como diz uma amiga “não há problemas, só oportunidades”)???
eu estou a passar por uma situação idêntica a essa....
tenho chegado a algumas conclusões:
- só nós podemos decidir o que fazer... por mais que digam, eu fazia assim, faz assado.... é de cá de dentro de tem de sair a decisão...
- se não conhecemos quem está do outro lado, não podemos exigir nada. não sabemos o que o outro pensa... não sabemos o que o move... pode parecer desinteresse, mas não poderá ser timidez? As pessoas não só aquilo que nós vemos de fora.... há muita coisa lá dentro, e o que está lá dentro é o que nos faz avançar ou recuar.... agir ou parar.
- nem tudo o que nós queremos acontece... porque se calhar não tem de acontecer... só isso.
- uma coisa que sei é que NÃO podemos fazer depender o nosso bem estar, os nossos momentos de felicidade e de angustia de outros... antes de mais temos de ser e estar connosco e viver cada momento... sem a ansiedade de que tem de aparecer alguém.. que precisamos, que queremos.

gostei sinceramente da opinião do Amaral (li, reli, assimilei e provavelmente vou ler mais vezes)..... isso é o que se deve fazer SEMPRE... mas todos sabemos como não é fácil estarmos sós, estarmos apenas com nós próprios... somos definitivamente sós, e por isso fugimos a todo o custo da solidão... é mais fácil estar acompanhado do que só.

calma e serenidade ;)
 
não estou a falar de ansiedade ou medos ou etc. falo neste post duma constatação que fiz tendo em conta casos que conheço. se as pessoas tiverem medo de ficar sozinhas nunca se disponibilizarão para viver as coisas em pleno. o facto de não arriscarem por medo de perder o que está seguro, hipoteca qualquer viabilização d encontrar algo que dê certo.
p.s Ale e Amaral dêem-se bem ;)
 
Amaral,

Agora compreendi o que tu falou, na verdade te achei muito incisivo e um pouco "Duro e Sêco" em tuas palavras a trintapermanete, por isso comentei com a mesma "energia" que recebi o seu, e pelo que entendi a trintapermanete passou recentemente algo que lhe fez sofre e pedirira mais cuidado apenas e zêlo pelo sentimento dela. Agora que me explicou concordo inteiramente contigo e quero dizer-te que gosto de inteligência e aproveito as coisas boas em todos e o que tu disseste é fato e verdade, admiro sua pessoa neste coment´rio. Não quero provocar-te e nem inimizade, como disseste, apenas não havia entendido e lhe achei muito duro na ocasião! Me perdoe a forma que lhe respondi e me perdoe trintapermamente por responder em seu blog! Um abraço a todos: Amaral e Trinta!
 
homens disponíveis há poucos, mas ainda há alguns! O medo de arriscar é humano, deixar o que conhcemos pelo desconhecido é algo que raras pessoas têm coragem de fazer. Tb conheço muitos casos destes e juro que às vezes apetece-me abanar as pessoas, abrir-lhes a cabeça e dizer uma sboas verdades...mas quem sou eu para isso???
 
Parece-me uma teoria válida para qq sexo ... no entanto errada.

Há homens/mulheres que estão sem ninguém, durante algum tempo pelo menos.

gostei do blog.
 
Meus amigos e minhas amigas os HOMENS ESTÃO SEMPRE DISPONIVEIS PARA SEXO OU ENTÃO NÃO SÃO MACHOS!
 
Caro André:
Concordo plenamente com o que dizes. O que há de mais simples do que um homem e uma mulher que querem estar juntos? É realmente muito simples é basico...Os homens e as mulheres estão sempre disponiveis para amar...
Inês
 
Enviar um comentário

[Top]