<$BlogRSDURL$>

Do mal o menos

quarta-feira, maio 25, 2005

Pensamentos soltos 

“every passing minute is another chance to turn it all around"

“you may be through with the past but the past aint through with you”

Roubado aqui

Comments:
O pensamento por aí solta é fixe ...mas só o pensamento pois nós cá vamos ficando agarrados ás secretarias bulindo e/ou teclado...
Adoro o teu blog...
Um sorriso primaveril para ti...
 
Quanto mais te preocupares com o passado, menos aproveitas os minutos do teu presente. Podes construir a tua realidade alicerçada em padrões que foste adquirindo ao longo dos anos, mas cada minuto que passa não volta exactamente igual, e cada pequena coisa que constróis é sempre diferente da anterior.
 
Gostei particularmente do segundo. Não é nada fácil libertarmo-nos do passado. Beijos
 
{ … não vou eu falar do passado, nem futuro, vou simplesmente deixo-te um copy and paste: [sonho[-te]; ausente mas presente] “o sonho voou sem mim ::: “e deixou [-me] assim em ausência a cevar” ::: “saudade que deixas, real, [e queixas], neste apertar [-te] ; nestas horas dóceis [sementes] ao ler-te [meu acordar]” ::: “saudade ausente mas presente” ::: aqui a amar[gostar-te] a;de ler [em;tuas palavras]” © de[mente] … }
 
Exactly! :)
Bjs!
 
exactly...já recomecei, fizeste-me pensar.
bjinhos
 
Não é fácil, não é fácil. Porque o passado por vezes volta e volta e volta. Gostei bastante do pensamento.
Beijos
 
Na verdade assim é...quando damos conta o passado "salta-nos em cima"....
Jinho, BShell
 
POIS...

Grato pelas tuas visitas e pelas palavras deixadas.
 
Pois é...como diria o outro...;)
 
por vezes fugimos-lhe, mas rápidamente nos apanha... até q um dia deixa de correr atrás de nós.

bjs
 
O presente é influenciado pelo passado e já é o passado do futuro... por isso à que viver o momento.

Hoje estive na praia grande das 6 da tarde até às 7 e 1 quarto.

Magia nas aguas calmas de uma lagoa que o mar formou ao fundo junto às rochas.O sol ainda aquecia os nossos corpos que a água arrefecia de imediato.

brinquei e rebolei na areia, tomei banho e atirei areia. Corri, brinquei, respirei e sorri.

Não tirei uma única fotografia deste momento com o meu filho mas guardei-a no coração. para mais tarde recordar.
 
Enviar um comentário

[Top]