<$BlogRSDURL$>

Do mal o menos

segunda-feira, setembro 05, 2005

Viver feliz. Ser feliz 




“Cada um de nós cria a sua própria realidade. Pode, por isso,
construir a sua felicidade. Ao reconhecermos que assim é,
deixamos de depender de algo ou alguém para sermos felizes”.
Costa Félix

Temos de nos sentir bem com nós próprios.
Por isso é fundamental não ficar preso a formas de vida que nos desagradem,
que não funcionem.
O mundo está cheio de pessoas frustradas e insatisfeitas nas suas relações;
porque se agridem, ou porque nada têm a ver umas com as outras,
ou porque estão juntos porque sim, porque assim teve que ser.
Pessoas que sempre quiseram ser uma coisa na vida e são outra.
Pessoas que querem viajar e não o fazem.
Pessoas que não fazem o que querem oprimidas pela sociedade.
Etc. etc. etc.
Quando chegam à idade adulta resignam-se.
Aceitando o inevitável, abdicando do querer.

Mas que vidas são estas!?

A única coisa que não temos poder é sobre a morte e doenças fatais.
Por isso, pack your bags e partam para o inicio do resto das vossas vidas.
Para onde vos leva o coração-desejo-vontade-querer.

Tentem sonhar na igual proporção da possibilidade de concretização.
Assim vão alcançando as metas a que se propõem deixando de se vitimar
e esconder por trás da inevitabilidade, e serão felizes.

Interroguem-se cada vez que se sentem insatisfeitos
e cada vez que querem mais e mais…
Se o que têm vos desagrada, é simples, mudem.
Ou alterem a vossa maneira de encarar/ lidar.
Tirem o melhor partido. Mudem de perspectiva.

Divirtam-se. Sejam felizes com o que têm,
que, assim, se transformará naquilo que tanto ansiavam.

A felicidade muitas vezes está à distancia duma iniciativa.
Sem mas nem porquês.

Atirem-se de cabeça. As consequências que daí advierem,
sejam elas quais forem, chamam-se VIVER.

Comments:
plenamente de acordo...tudo está ao teu alcance desde que queiras...
 
Yupiiii! Adrenalina!!!
A vida é para ser vivida mesmo assim, qual montanha-russa, e tu já experimentaste? Ou é só teoria?!
Se te atiraste de cabeça, levavas capacete?
Lindo texto, pena é que as pessoas não tenham a coragem-inconsciência de o fazer.
Mas, fica um excelente texto e quem quiser VIVER, que o faça.
Eu VIVO há muito...
bjx
 
A vida é para ser vivida a todo o instante... o arriscar constante!
Se não formos genuinos e não fizermos o que é realmente a nossa
essencia... o não resistir... podemos perder a carruagem e ficarmos eternamente "à espera do comboio na paragem do autocarro"!
Beijo grande
 
Estou totalmente de acordo!
Há-que saber aproveitar as oportunidades boas que a vida nos reserva e agarrar-nos a elas com unhas e dentes!
Abstrairmo-nos da banalidade que invade as nossas vidas e apenas...VIVER...intensamente cada momento!...
Excelente este texto! Parabéns!
Bjo*
 
De acordo! Inclusive tens razão também na situação de alterar a maneira de encarar / lidar , porque antes de grandes mudanças é preciso ter a certeza de que todas as hipoteses foram experimentadas (as vezes ajuda a ultrapassar problemas e nem sempre a razão está do nosso lado), se mesmo assim não estamos bem, Bora lá de carola!!! É porque está na hora de mudar, mas só uma pequena observação: mudar mas com cabeça para não piorar as coisas, mais vale um bocadinho de "mas ou porquês" antes da mudança do que passar a VIVER ensombrado por duvidas. Como diria o João:Eu VIVO.
Parabens pelo texto. Beijo
 
Subscrevo!;)Nem mais.
 
Verdade!
Bons conselhos!
 
Concordo em tudo com o/a Penumbra.
Tudo para ser vivido intensamente, "pegar o toiro pelos cornos"! Não pactuar com situações de pura acomodaçao, vou ficando...vou ficando...e pode ser que amanhã isto melhore.
Tens razão em tudo o que dizes!
Belo post!
 
Enviar um comentário

[Top]